Notícias

Dia Nacional de Combate a Sífilis

15/10/21 - 16:38:07 (Administrador)
Alterado em: 16/10/21 às 9:19:29 por Administrador

O terceiro sábado do mês de agosto é reservado como o Dia Nacional de Combate à Sífilis, em adultos e gestantes e, a Sífilis congênita (em bebês). Neste ano a data é no dia 16 de outubro. A sífilis é uma doença antiga, curável, porém que nunca foi erradicada e recentemente (2016) o Ministério da Saúde decretou como epidemia.

Nos adultos infectados pela bactéria (Treponema pallidum) da Sífilis, as manifestações clínicas podem variar a depender do momento do diagnóstico, sendo de uma única ferida que pode estar localizada no pênis, vulva, colo uterino, boca e anus (sífilis primária), como também com manchas no corpo, palmas da mão e planta dos pés, caracterizando a sífilis secundária. Na sífilis terciária a bactéria acomete a parte óssea, cardiovascular e neurológica, podendo evoluir para óbito.

Na sífilis primária pelos sintomas terem evolução de melhora de forma rápida (as feridas desaparecem em alguns dias) causa a falsa impressão de melhora e, assim, o paciente não procura o atendimento, propiciando agravamento da infecção para a forma secundária e terciária.

Nas gestantes acometidas pela bactéria da sífilis e sem tratamento a transmissão ocorre de forma vertical (da mãe para o filho). Pela gravidade da doença recomenda-se que as gestantes sejam testadas (HIV, Hepatite B-C e sífilis) pelo menos em três momentos durante a gravidez: primeiro trimestre, terceiro trimestre e momento do parto. A sífilis congênita é grave e é totalmente evitável.

A prevenção para a sífilis é feita com o uso correto de preservativos femininos ou masculinos, testagem após comportamento sexual de risco, acompanhamento de gestantes e parcerias sexuais durante o pré-natal para controle de sífilis congênita. A sífilis tem cura, porém o tratamento precisa ser feito com responsabilidade e só a prevenção evita novas infecções. 

Para maiores informações, testagem e acompanhamento procure a UBS ou posto de saúde mais próximos de sua casa.  O CTA (Centro de Triagem e Aconselhamento) está em pronto atendimento para o diagnóstico, tratamento-encaminhamento e informações sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis. Todos os serviços ofertados na rede SUS são sigilosos e gratuitos.



Texto por: Maiara Nardi